Preocupada com o balanceamento do ganho de experiência dos jogadores dentro das partidas, a Riot Games anunciou que está realizando alguns testes sobre o assunto. Segundo Colin Feo, designer da parte técnica de League of Legends, as mudanças pretendem ajudar os jogadores que estão ficando um pouco para trás no jogo.

“Estamos vendo que alguns campeões (normalmente suportes ou caçadores) ficam para trás em relação à experiência do time, mesmo que estejam jogando bem”, explicou o designer. “Eles ainda providenciam valor para seu time em teamfights ou pela utilidade, mas tais ações não são recompensadoras o suficiente para trazê-los de volta ao jogo”.

Colin afirmou que a experiência conseguida por abates desses jogadores é normalmente dividida entre muitas pessoas, e por isso o objetivo da Riot Games é aumentar a quantidade de experiência que tais jogadores recebem por facilitar ou realizar abates. Para isso, foram implementados dois tipos de bônus de experiência.

O primeiro é o bônus de experiência por trabalho em equipe. Com ele, jogadores que estiverem com um nível bem abaixo do restante durante a partida receberão experiência bônus em abates ou assistências. O valor da experiência adicional dependerá do quão para trás está o jogador.

Já o segundo bônus será dado aos jogadores que estiverem atrás no nível dentro da partida e conseguirem eliminar (ou ajudar no abate de) oponentes que estão muitos níveis a frente. “Espere cerca de 10% extra de experiência se você estiver 4 níveis abaixo de seu oponente”, escreveu Colin.

De acordo com o Rioter, as experiências adicionais já estão sendo testadas no PBE, mas ainda não têm data específica para chegar aos servidores públicos.